Black Friday e financiamento – cuidados que você deve tomar

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Os bancos e instituições financeiras estão entrando na onda da Black Friday, prometendo taxas de juros muito convidativas, com muitas vantagens para seus clientes.

A questão é que a Black Friday no Brasil nunca foi das mais confiáveis, e da mesma forma que inúmeras lojas mascaram preços e realizam práticas questionáveis, é preciso olhar com desconfiança para as ofertas dos bancos.

Veja, nada é feito de graça. Nenhuma empresa ou banco irá dar algo a você de bom grado, por simpatia. Tudo é realizado visando o lucro, e como consumidor, é preciso ter muita atenção para não cair em armadilhas. Os juros abusivos existem e toda essa história de Black Friday não significa que eles irão desaparecer em um passe de mágica.

Os perigos da Black Friday no financiamento

Suponhamos que o Banco X esteja oferecendo condições incríveis de financiamento. As taxas estão muito mais baixas do que há dois meses atrás, e você, que está sonhando com seu carro novo há algum tempo, finalmente sente que poderá realizar este sonho… Tudo isso seria ótimo, não fosse o valor total do financiamento ser o dobro do que o carro custa, com parcelas cujos valores são altos e difíceis de pagar.

Essa é uma hipótese bem negativa, mas possível. Em circunstâncias normais, o valor do financiamento poderia ser o triplo ou até maior. Ainda que a diminuição na taxa de juros seja real, não significa que você deixará de pagar juros abusivos. Portanto, todo cuidado é pouco.

Agora, digamos que o Banco Y realmente ofereça uma taxa de juros justa e não aproveite qualquer brecha de contrato para cobrar mais de você no futuro. Excelente, essa pode ser a tática da instituição financeira para oferecer financiamentos a valores mais amigáveis na Black Friday. É possível, e no caso de procurar por uma promoção do tipo, é essa situação que você deve buscar.

A realidade dos juros abusivos

O problema é que 90% dos contratos de financiamento possuem juros abusivos hoje. É difícil imaginar que essa situação não vá se repetir na Black Friday, e apesar da esperança de adquirir um veículo financiado a taxas amigáveis, é preciso ter muita cautela.

Realizar o sonho de comprar um carro pode gerar dores de cabeça, quando você opta por pagar a prazo e escolhe um financiamento. Infelizmente, ainda há quem aproveite brechas e a falta de conhecimento do consumidor para fazer com que ele pague mais que o necessário.

Isso é um grande problema. Com o valor destinado às parcelas abusivas, o consumidor poderia comprar pelo menos mais um veículo. Às vezes, sobra até um dinheirinho para investir em outro. A situação é realmente grave.

E ainda tem mais má notícia: o consumidor não é capaz de identificar os juros abusivos na assinatura do contrato. Dificilmente perceberá no começo dos pagamentos, percebendo a extensão do seu problema lá na frente, quando vê que já gastou mais do que deveria.

Agora, a boa notícia: você pode receber ajuda e pagar apenas o que realmente deve. Procure a revisão do seu contrato antes das parcelas atrasarem e proteja o seu sonho!

Outros artigos que podem te interessar

Financiamento De Veículos - Price SF

Como ter o financiamento aprovado na hora e outras dúvidas respondidas

Financiar um veículo é uma decisão e tanto. Há vários fatores a considerar e muitas dúvidas devem surgir. Para facilitar a sua vida, separamos algumas respostas para as perguntas mais comuns sobre financiamento de veículos. Vale destacar que a Price não financia veículos e este post não tem qualquer relação com instituições financeiras que financiam

Como Fazer O Dinheiro Render Em 2022 - Price SF

Como fazer seu dinheiro render mais em 2022? Veja o que dizem especialistas

Para quem, apesar de todas as adversidades, ainda consegue guardar um dinheirinho no fim do mês, pode ser vantajoso não deixá-lo acumulando poeira na boa e velha poupança. Com a inflação acumulada deste ano de 10,42%, a taxa básica de juros — a Selic — a 9,25% e perspectivas de novas altas, surge a dúvida:

Economia - Price SF

Economia em 2022, o que esperar?

O ano de 2022 deve trazer pelo menos uma boa notícia na economia: a inflação tende a perder um pouco de força, como resultado da safra recorde de alimentos, redução de preço dos combustíveis e diminuição da demanda, resultado da forte alta dos juros e da atividade fraca. No entanto, para além dessa perda de

Price - Price SF