Financiamento de Veículo – como comprar um carro sem sair no prejuízo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Pensar em comprar um carro é um momento que chega mais cedo ou mais tarde na vida de todos, e para aqueles que enxergam um sonho de consumo ou grande necessidade em ter o bem o mais rápido possível, o financiamento de veículo é uma ótima opção.

É claro, quando falamos em financiamento, estamos tratando sobre assumir uma dívida, que você precisa se comprometer a pagar, sabendo que, caso um imprevisto aconteça, seu carro poderá ser apreendido. 

Mas, embora pareça uma situação complicada, financiar um carro é algo que pode ser realizado com uma certa facilidade, tudo depende da instituição financeira que você escolhe, das suas condições financeiras e de uma análise cuidadosa sobre o contrato e suas possibilidades.

Existe mais de um tipo de financiamento para o seu carro, e escolher o ideal é o primeiro passo para fazer um bom negócio e não sair no prejuízo.

Vamos conhecer as possibilidades?

Financiamento de Veículo – quais os tipos de crédito para financiar?

O principal – e mais procurado – tipo de crédito para o financiamento do veículo é o CDC, o Crédito Direto ao Consumidor. 

CDC para financiar um carro

Esse empréstimo é realizado por meio de um banco, com o qual o consumidor negocia. A partir daí, o carro é do cliente, mas fica alienado ao banco até o final do pagamento do financiamento. Ou seja, nada de vendê-lo!

Ao negociar diretamente com o banco, você pode obter uma flexibilização das taxas de juro que serão pagas, que são fixadas no início do contrato e não sofrem alterações durante o prazo do parcelamento.

Leasing

O Leasing funciona como um aluguel do veículo, onde o mesmo pertence à empresa que fornece o carro, e não ao consumidor. Quando todas as parcelas do aluguel estiverem pagas, o carro passa a ser do comprador.

É vantajoso, principalmente porque você pode negociar as taxas de juros com a empresa, que também são fixadas no início do contrato e não sofrem alterações, tal como acontece com o CDC.

Consórcio

Se você não tem pressa para adquirir seu carro, o Consórcio é uma boa opção. Aqui, o cliente paga prestações e só adquire o carro quando é sorteado ou quando as prestações atingem o valor do veículo. Contudo, os valores flutuam de acordo com a variação de preço do veículo.

Agora que você conhece os tipos de crédito para o financiamento de veículos, precisa conhecer as dicas que preparamos para você financiar com segurança financeira!

Financiamento de Veículos com segurança financeira é possível, veja como!

  • Antes de mais nada, você precisa ter as finanças em dia.

    Se a saúde financeira não é boa, nem pense em adquirir um carro agora. O financiamento pode ser uma opção segura, mas só é possível se você não possui dívidas em aberto ou não está sujeito ao aparecimento de vários contratempos caríssimos, que minam as chances de pagar as parcelas em dia.
  • Além disso, você também deve ter atenção ao Custo Efetivo Total (CET) do financiamento, que mostra as taxas inclusas, além dos juros, Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), tarifa de cadastro e seguros. 


O levantamento feito pela Proteste Associação de Consumidores encontrou variações significativas para o mesmo modelo de carro. Quanto menor for o CET, mais vantajosa será a compra do seu carro.

  • Poupe para a entrada e prepare-se para os custos paralelos.

Quando você decide financiar um carro, precisa de uma reserva generosa para garantir a maior entrada possível, assim, fica mais fácil negociar descontos e ter parcelas flexíveis.

Não se esqueça de que você terá que custear a manutenção do carro, o IPVA, o seguro, combustível e revisões previstas no manual do carro. Tudo isso deve ser considerado antes de realizar o financiamento.

Analise também as condições de financiamento e pagamento para cada instituição financeira. Os juros podem variar e os requisitos também!

Essas foram nossas dicas sobre o financiamento de veículo. Se você possui alguma dúvida, entre em contato conosco! Podemos te ajudar a pagar o mínimo possível com uma revisão de contrato, que garante a você o seu direito de pagar exatamente o que o veículo deveria custar, sem cláusulas abusivas.

Aproveite e aprenda como renegociar o financiamento do carro.

Outros artigos que podem te interessar

Dívidas com o cartão de crédito

Como evitar dívidas com o cartão de crédito?

Dívidas com o cartão de crédito são algo mais comum do que deveriam para o consumidor brasileiro. A incerteza econômica se prolonga e acaba gerando uma falta de previsibilidade para as famílias, tanto no que diz respeito aos seus empregos quanto ao dinheiro em si. Mesmo assim, é impossível parar de fazer compras. Seja para

Consultar O Cpf - Price SF

Consultar o CPF é uma forma de manter o nome sempre limpo. Saiba como fazer!

Consultar o CPF é uma excelente forma de manter o seu nome limpo. Nem sempre você conseguirá estar atento o bastante para verificar aquele SMS ou uma carta que chegou à sua casa dizendo que seu nome foi negativado. Logo, a melhor saída é olhar o sistema do Serasa por conta própria! Quando você cria

Dívida Caduca

Dívida Caduca? Como funciona?

Não é incomum ouvir falar que dívida caduca ou se perguntar se é realmente verdade, como funciona e se isso significa que a dívida não existe mais. A confusão é natural. Existe uma certa “nebulosidade” a respeito desse assunto porque, em tese, basta esperar a dívida completar um certo período para prescrever, e então, o