O que fazer para não começar 2022 endividado e proteger seu financiamento?

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A pandemia da COVID-19 complicou a situação financeira de grande parte da população brasileira. Por conta disso, muitas pessoas estão com dívidas e querem encerrar 2021 livre delas. Confira alguma dicas especiais que podem te ajudar a entrar no ano novo sem dívidas antigas.

Anote todos os gastos mensais

Para conseguir controlar suas despesas, sempre anote tudo em um caderno ou planilha.

Desta forma você terá uma visão completa de onde o seu dinheiro está sendo gasto. Isto também te ajuda a não se perder em meio a tantos pagamentos que devem ser feitos.

Envolva os familiares 

Neste momento é importe contar com a colaboração da família no processo de organização de despesas. Cada morador da casa casa pode trazer idéias de como  reduzir as contas ou obter mais dinheiro, através de um trabalho extra ou da venda de artigos que não são mais usados.

Evite os gastos desnecessários 

Neste momento de ajuste de despesas, verifique de que forma você pode economizar.

Não menospreze pequenas economias como apagar a luz ao sair de um cômodo, tomar banhos mais rápidos, utilizar o chuveiro na posição verão e juntar uma maior quantidade de roupas antes de lavar.

Cada família possui um estilo de vida e suas necessidades que indicarão os gastos que podem ser limados. Porém não se esqueça de que é necessário se esforçar para sair das dívidas.

Procure uma renda extra 

Caso o corte de gastos não seja suficiente, o caminho pode ser buscar uma renda extra. Pode ser com um trabalho nas horas vagas, bicos nos finais de semana, venda de doces ou salgados, entre outros.

Negocie as dívidas 

Após organizar suas finanças, procure seus credores para negociar suas dívidas. Tendo dinheiro na mão, a negociação fica mais fácil.

Faça uma autoavaliação 

É importante parar e pensar o motivo de ter se endividado. Isso pode te ajudar a não cometer novamente os mesmos erros no futuro. Mantenha as rédeas de suas finanças para evitar o endividamento.

Fonte: FDR

E os financiamentos, como ficam?

Com as finanças bem equilibradas, dificilmente haverá algum motivo para você atrasar suas parcelas do financiamento. É claro que sempre vale a pena revisar o contrato e garantir que não há juros abusivos sendo cobrados pela instituição financeira.

Essa é a maneira mais rápida e eficiente de acabar de vez com os juros abusivos que assombram seu contrato de financiamento. Não importa se você já assinou o contrato ou se ainda irá comprar seu veículo, sempre é possível procurar ajuda especializada.

A PRICE Soluções Financeiras, por exemplo, trabalha com a análise de contratos e a mediação entre clientes e instituições financeiras, acabando com o problema dos juros abusivos e garantindo que você tenha seu veículo, seja carro, moto ou qualquer outro, pelo preço que ele vale.

Não perca tempo. Evite ter parcelas em atraso, não corra o risco de sofrer com a busca e apreensão! Entre em contato com a PRICE Soluções Financeiras e resolva sua vida.

Outros artigos que podem te interessar

Financiamento De Veículos - Price SF

Como ter o financiamento aprovado na hora e outras dúvidas respondidas

Financiar um veículo é uma decisão e tanto. Há vários fatores a considerar e muitas dúvidas devem surgir. Para facilitar a sua vida, separamos algumas respostas para as perguntas mais comuns sobre financiamento de veículos. Vale destacar que a Price não financia veículos e este post não tem qualquer relação com instituições financeiras que financiam

Como Fazer O Dinheiro Render Em 2022 - Price SF

Como fazer seu dinheiro render mais em 2022? Veja o que dizem especialistas

Para quem, apesar de todas as adversidades, ainda consegue guardar um dinheirinho no fim do mês, pode ser vantajoso não deixá-lo acumulando poeira na boa e velha poupança. Com a inflação acumulada deste ano de 10,42%, a taxa básica de juros — a Selic — a 9,25% e perspectivas de novas altas, surge a dúvida:

Economia - Price SF

Economia em 2022, o que esperar?

O ano de 2022 deve trazer pelo menos uma boa notícia na economia: a inflação tende a perder um pouco de força, como resultado da safra recorde de alimentos, redução de preço dos combustíveis e diminuição da demanda, resultado da forte alta dos juros e da atividade fraca. No entanto, para além dessa perda de

Price - Price SF